Vai-Vai apresenta pilotos de fantasias para o carnaval 2019



Escola do Bixiga apresentou seus protótipos visando o décimo sexto campeonato do grupo Especial 



O Vai-Vai apresentou no último domingo (04) os pilotos que levará para o Anhembi em 2019. O conjunto faz parte do enredo “O quilombo do futuro” assinado pelos carnavalescos Hernani Siqueira e Roberto Monteiros.
O tempo nublado com períodos de garoa não afastou a comunidade que compareceu em bom número para ver os protótipos.
Uma das fantasias que compõe os pilotos da Vai-Vai para 2019 (créditos Fernando Santos/Faixa Amarela do Carnaval)

O quilombo está em festa
Fim de domingo. As imediações do bairro da Bela Vista estava movimentado. Era dia de Vai-Vai, da escola do povo. Pouco a pouco, chegavam mulheres, crianças, jovens e apreciadores da comunidade do Bexiga. Até a fina chuva que caía rendia-se a batucada da Pegada de Macaco e sua rainha suprema Camila Silva. O palco estava armado, com as bençãos de São Jorge e a proteção da Achiropita.

A comunidade compareceu em peso para conferir as fantasias do Vai-Vai para 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)

Que barulho é aquele que vem lá ?
Bateria aquecida e time de canto afinado. Sob a voz potente de Grazzi Brasil, a escola relembrou seus principais sambas e aumentava a curiosidade das fantasias que iriam apresentar. Os segmentos de passistas e alas coreografadas também participaram da festa interagindo com os presentes. Depois da comunidade se despedir do samba de 2018, a apresentação do quilombo do futuro se aproximava.
Apesar de passar por momentos políticos turbulentos a comunidade está unida para realizar um grande desfile em 2019 (crédito: Marcelo Almeyda/JIO)

"Um privilégio que não é para qualquer um"
Por volta das 19 horas, foi iniciado o desfile das fantasias.  No total,  21 alas foram apresentadas no palco.
Da África ancestral, passando pela escravidão, a intolerância religiosa e ao empoderamento negro, os pilotos apresentados agradaram a comunidade que vibrava a cada desfile e trilha sonora separada especialmente para cada protótipo. O encerramento ficou a cargo das baianas e da bateria que virá fantasiada de Pantera Negra.
O quilombo do futuro é o enredo da Vai-Vai para 2019 (crédito: Marcelo Almeyda/JIO)
Para encerrar a apresentação, a escola em tom uníssono cantou o samba 2019 com os componentes fantasiados sambando junto com o público presente. Os carnavalescos e os chefes de ala também foram chamados ao palco para confraternizarem juntamente ao novo pavilhão de 2019. Punhos cerrados, e rumo ao Anhembi - a Saracura está presente!

Veja as fantasias da Vai-Vai

 Pilotos da Vai Vai 2019 (Crédito: Lívia Martins/JIO)
 Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
    Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (créditos Lívia Martins/JIO)

Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)

  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
  Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
 Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)
                                                                         

Pilotos da Vai-Vai 2019 (crédito: Lívia Martins/JIO)

O que o JIO destaca
As apresentação das fantasias seguiram um fio condutor que mostrou aos presentes a evolução da raça negra e suas conquistas. As cores predominantes são vermelho, dourado, roxo,  preto e branco. Elas mostram o quanto os profissionais foram cuidadosos com a posição de desfile da escola. Como será a quarta escola a desfilar, poderá aproveitar toda a luz do sambódromo a seu favor para refletir o brilho de suas fantasias. Outro ponto positivo também foi o acabamento dos pilotos. As roupas estavam leves, mostrando que a comunidade poderá evoluir de maneira desenvolta no sambódromo.

Não deixe de ver: As alas que mostram a intolerância religiosa, empoderamento feminino e a bateria com a fantasia de Pantera Negra.

A fantasia Intolerância Religiosa foi um dos destaques dos pilotos da Vai-Vai (crédito: Lívia Martins/JIO)
A fantasia da bateria Pantera Negra foi um dos destaques dos pilotos da Vai-Vai (crédito: Lívia Martins/JIO)



Texto: Marcelo Almeyda
Edição: Lívia Martins

Comentários